Escolha uma Página

Agraciado com o poder da profecia, Velen lidera seu povo Draenei desde que estes fugiram de Argus. (25000 anos antes do Portal Negro)

Velen é natural do mundo de Argus, um paraíso construído pelos Eredar e ele fazia parte da tríade que liderava todo o povo ao lado de Archimonde e Kil’jaeden. Estes três compartilhavam uma amizade profunda, Velen os via como “extensões de sua alma”.

Esta bela amizade foi quebrada por ninguém menos que Sargeras, o Titã Caído que havia notado as realizações e talento dos Eredar. Ele apareceu diante da Tríade como uma entidade benevolente e os ofereceu conhecimento e poder maior do que eles poderiam imaginar, em troca de servir a ele.

Kil’Jaeden e Archimonde juntamente com uma grande parte dos Eredar aceitaram essa proposta. Velen sempre teve o poder da “Visão” e neste momento ele testemunhou o perigo que Sargeras realmente era. Horrorizado o profeta desesperadamente pediu orientação e então K’ure apareceu diante dele e o instruiu a fugir com o resto de seu povo de Argus. Eles conseguiram escapar por muito pouco de Sargeras e seus novos aliados. Desde então eles seriam conhecidos como Draenei (Exilados) e caçados através do universo por milhares de anos em incontáveis planetas, até que chegaram em Draenor.

Os Draenei conseguiram se estabelecer em sua nova terra e começaram a negociar com os nativos, conhecidos como Orcs. Eles estabeleceram uma relação cordial e altamente profissional. Com o tempo eles construíram sua cidade capital conhecida como Shattrath e Velen construiu seu refúgio no Templo de Karabor.

Imagem relacionada

Kil’jaeden pessoalmente furioso com a “traição” de Velen não descansou até localizar a todos os Draenei. Quando ele finalmente conseguiu, arquitetou um plano e convenceu o Orc Xamã Ner’zhul que os novos moradores de Draenor estavam conspirando contra eles. Os Draenei começaram a sofrer ataques cada vez mais violentos dos Orcs da recém-criada Horda, dirigida por Ner’zhul e Gul’dan (Orc que se tornou discípulo de Kil’Jaeden nas artes da Vileza).

Velen e alguns de seus seguidores se esconderam em Telredor e não foram mais encontrados pelos Orcs ou pelos seguidores de Kil’jaeden. Eles ficaram escondidos durante décadas desde o massacre que sofreram pela Horda e durante esse tempo muitas mudanças aconteceram. O planeta se encontrava à beira da destruição, os Orcs abandonaram Draenor para invadir Azeroth a partir do Portal Negro, aonde travaram novas guerras nesse mundo novo.

Anos se passaram antes que alguém passasse pelos portais até Draenor novamente, agora conhecida como Terralém. Illidan Tempesfúria, acompanhado por suas Nagas e Elfos Sangrentos, buscaram refúgio em Terralém após sua falha em destruir o Lich Rei. Velen então sabia que estava na hora de procurar um novo lar para proteger seu povo mais uma vez.

Com a ajuda de Nobundo, responsável por introduzir o Xamanismo para os Draeneis, ele capturou uma nave conhecida como Exodar dos Elfos Sangrentos. No entanto, o exército de Kael’thas sabia das intenções e sabotaram o engenho. Quando Velen e seu povo estavam em viagem, a Exodar começou a falhar e eles foram obrigados a fazer um pouso forçado, coincidentemente em Azeroth.

Velen e seu povo se estabeleceram no novo mundo e se uniram a Aliança para enfrentar as adversidades que estariam por vir.

Fonte e imagens: Wowwiki

Para quem tem interesse em saber mais sobre a lore dos Eredar leia nossa série Warforged nesse link que eu conto com mais detalhes os acontecimentos.