Escolha uma Página

Oiie galaris, mais um texto de Lorewalk, agora contando a primeira parte da incrível maga Jaina Proudmoore.

Jaina Proudmoore nasceu em Kultiras, um pouco antes da Primeira Guerra, filha de Katherine e Daelin Proudmoore e com dois irmãos, Derek e Tandred.

O talento para a magia foi descoberto logo cedo em Jaina o que levou-a estudar em Dalaran com o Kirin Tor ainda criança com Antonidas, o então líder do Kirin Tor, como seu mentor, indo contra a vontade de seu pai. Quando mais velha conheceu o jovem príncipe de Lordaeron: Arthas. O amor entre os dois não passava despercebido por ninguém, mas eles não deixaram o relacionamento atrapalhar seus deveres.

Tempos depois o Guardião Medivh apareceu para Antonidas e Jaina dizendo para eles fugirem com seu povo pois algo terrível iria acontecer em Lordaeron. A jovem maga foi então enviada em uma missão junto de seu amado Arthas e do grande paladino Uther para investigar tal ameaça. A missão teria um fim terrível, o grupo descobriu que Kel’thuzad junto de Mal’ganis estavam infectando o povo com uma praga terrível, que transformava a todos em mortos vivos controlados por eles. Depois de batalhas tensas conseguiram derrotar Kel’thuzad e seguiram Mal’ganis até a cidade de Stratholme onde se depararam com uma tragédia, todos os moradores já estavam infectados, era tarde demais para salva-los. Arthas então ordenou que matassem a todos na cidade, mesmo que eles ainda não tivessem se transformado.

A decisão controversa dele afastou Jaina e Uther do jovem paladino. Jaina retornou à cidade após o ataque de Arthas e encontrou morte e destruição, seu coração estava partido. Ela não teve tempo para lamentar, Medivh apareceu e pediu novamente para que ela fugisse com seu povo, a jovem maga assentiu e salvou milhares de vidas ao leva-las para o continente de Kalimdor.

Ao chegar em Kalimdor ela encontrou com os orcs liderados por Grommash Grito Infernal e novamente se via em uma batalha. Jaina então pediu auxílio ao jovem orc Thrall, que também havia sido guiado por Medivh. O guardião dissera que eles precisavam unir suas forças para derrotar uma ameaça ainda maior que estava por vir: a Legião Ardente.

A maga descobriu que Grito Infernal estava corrompido por um demônio chamado Mannoroth, Jaina ajudou o orc a se livrar da corrupção e ele derrotou o inimigo, sacrificando-se no processo.

Mesmo com a nova união entre Humanos e Orcs eles ainda precisavam de mais ajuda para conter a Legião, os Elfos Noturnos. Medivh ajudou os lideres a convencerem Tyrande e Malfurion a lutar na nova guerra, uma nova Aliança estava formada. Aliança que se mostrou forte o suficiente para derrotar o General Arquimonde em sua invasão a Azeroth.

Após a terrível guerra, Jaina ajudou os refugiados a reconstruir suas vidas em Kalimdor, mas a tensão entre seu povo e a Horda reapareceram, para garantir a segurança de ambos os povos ela formou uma aliança com o novo Guefe Guerreiro Thrall. Mas os problemas aumentaram quando Rexxar, um dos maiores campeões da Horda, alegou que humanos foram enviados para assassina-lo. Jaina desesperada não sabia nada sobre o ataque mas ajudou a descobrir quem estava por trás.

Para sua triste surpresa Jaina logo descobriu que seu pai Daelin estava por trás. Ele possuía um ódio profundo pela Horda, e afirmava que jamais iria parar até que eles estivessem extintos de Azeroth. A maga implorou para seu pai parar com a loucura, não obteve sucesso. Os orcs e as tropas de Daelin se enfrentaram, o Lorde Admiral foi morto. Jaina foi considerada uma traidora pela sua família e seu povo, novamente seu coração se partia.

Porém Jaina sabia que a aliança era importante demais para ser quebrada por erros do passado, o inimigo estava à espreita.

 

Continua..

Onde no jogo: Você consegue acompanhar a história de Jaina nas missões de Kultiras e na masmorra O Expurgo de Stratholme.

Fonte e imagens: WOWHEAD.