Escolha uma Página

Novo post da série WARFORGED.

Enquanto os guardiões conduziam e fortaleciam os Aspectos Dragônicos, Odyn refletia nos salões de Ulduar.

Ele estava furioso pelos outros guardiões irem contra os seus desejos, os desejos do mais poderoso, do Primeiro Escolhido. Ele acreditava que os Aspectos iriam fracassar, pois eram meras criaturas primitivas e errôneas.

Odyn então criara seu próprio exército de elite, escolhendo os Vraikal como soldados. Quando os demais guardiões retornaram a Ulduar tentaram tirar a ideia da cabeça de Odyn, mas de nada adiantou e ele seguiu com seu plano sozinho. Ele reservou uma das salas da grandiosa fortaleza para servir como Base, querendo isola-la de todo o resto invocou uma poderosa feiticeira a quem considerava como filha: Helya.

A bruxa teceu um grandioso feitiço para envolver a fortaleza do Guardião e o arrancou o pedaço colossal de Ulduar e o ergueu no alto céu.

Em sua fortaleza magnifica Odyn conclamou a todos os Vraikal: Todos aqueles que provassem seu valor tendo mortes gloriosas em batalha voltariam a viver nos Salões, seus espíritos seriam forjados na tempestade e seriam os novos guardiões superiores de Azeroth, seriam chamados de Valarjar.

A única coisa que faltava era um modo de transportar os espíritos até os Salões, então Odyn estudou as energias que permeavam as Terras Das Sombras e transformaria alguns Vraikal em seres espectrais conhecidos como Val’kyr.

Estas poderosas criaturas teriam a importante missão de resgatar os espíritos dos mortos em batalhas, mas estariam condenadas a uma eternidade como seres fantasmagóricos. Dado a tão terrível destino, ninguém se ofereceu a nobre missão de Odyn.

O guardião ficou furioso e decidiu transforma-los a força, Helya se opôs totalmente nessa decisão iniciando uma terrível batalha e a feiticeira disse que devolveria os Salões do Valor a Ulduar caso Odyn não voltasse atrás em sua decisão absurda.

Ele considerou a desobediência de sua quase filha uma ameaça a toda Azeroth, Odyn então cego pela sua raiva e devaneios matou Helya e transformou seu espirito na primeira Val’kyr.

  

A poderosa feiticeira odiara Odyn por toda eternidade, mas não tinha escolha a não ser obedece-lo, então ela amaldiçoou diversos Vraikal a ter o mesmo destino dela.

Odyn não apresentava remorso, para ele e seu ódio cego tudo havia sido feito para proteger Azeroth.

Textos baseados nos livros Crônicas.

Imagens: wowhead